Category Archives: geral

Lista de alguns comandos do NIM (Network Installation Manager)

Apenas uma lista de alguns comandos do NIM.

List the NIM clients:

# lsnim -t standalone

List the machine information:

# lsnim -l <nimclientname>
<nimclientname>:
   class          = machines
   type           = standalone
   connect        = shell
   platform       = chrp
   netboot_kernel = mp
   if1            = master_net <nimclientname> 7e7895fe785a
   cable_type1    = bnc
   Cstate         = BOS installation has been enabled
   prev_state     = not running
   Mstate         = in the process of booting
   info           = LED 611: failure: mount <hostname>:/filesystem/mksysb/aix_5300-06_latest.mksysb /NIM_BOS_IMAGE
   boot           = boot
   mksysb         = mksysb_aix_5300-06
   nim_script     = nim_script
   spot           = 5300-06_spot
   cpuid          = 00CC9XXXXXXXX
   control        = master

 

Reset the machine:

# nim -Fo reset

After the reset:

# lsnim -l <nimclientname>
<nimclientname>:
   class          = machines
   type           = standalone
   connect        = shell
   platform       = chrp
   netboot_kernel = mp
   if1            = master_net <nimclientname> 7e7895fe785a
   cable_type1    = bnc
   Cstate         = ready for a NIM operation
   prev_state     = BOS installation has been enabled
   Mstate         = in the process of booting
   mksysb         = mksysb__aix_5300-06
   spot           = 5300-06_spot
   cpuid          = 00CCXXXXXX
   control        = master
   Cstate_result  = reset

Deallocate resources:

mksysb:

# nim -o deallocate -a mksysb=mksysb_aix_5300-06

spot:

# nim -o deallocate -a spot=5300-06_spot -a subclass=all

Solaris РVerificando a verṣo de um pacote instalado

Anotação simples. Para ver a versão de um pacote instalado no Solaris, use a opção “-x” do comando pkginfo:

Para identificar o pacote (exemplo: FTP server Proftp):

foo>pkginfo |grep proft
application SMCpftpd                         proftpd

Uma vez identificado o pacote, verifica-se a versão:

foo>pkginfo -x SMCpftpd
SMCpftpd        proftpd
(sparc) 1.3.1rc2

 

Aix – Identificar a qual fileset pertence um arquivo

Uma informação que pode ser necessária, é saber a qual fileset (pacote de instalação) pertence um determinado arquivo no sistema operacional.

Se preciso de um determinado comando, tenho que saber qual pacote devo instalar.

No Aix, utilizamos o comando lslpp:

lslpp -w [nome do arquivo]

Da man page do comando lslpp:

-w: Lists fileset that owns this file. This flag applies to AIX 4.2 or later.

Exemplo do comando:

# lslpp -w /usr/bin/uuencode
File                                        Fileset               Type
----------------------------------------------------------------------------
/usr/bin/uuencode                           bos.net.uucp          File

No exemplo acima, o fileset que instala o comando uuencode é o bos.net.uucp.

E se eu quero saber o inverso? Saber quais são todos os arquivos de um fileset instalado no Aix?
Veja como listar todos os arquivos de um fileset no Aix.

Uso interessante do awk РOp̤̣o system

O awk é uma ferramenta muito poderosa e tenho consciência que não uso 1/1000 do que ela oferece.

Descobri um uso interessante da ferramenta, que é a utilização da opção system que já premite executar diretamente o comando utilizando o campo selecionado.

Ex:

O comando lsvgfs lista os filesystems do VG:

# lsvgfs rootvg
/
/usr
/var
/tmp
/home
/opt

Utilizando o awk com a opção system, podemos por exemplo, desmontar os filesystems chamando o comando umount dentro do awk, fazendo tudo numa única linha de comando:

# lsvgfs rootvg | awk '{system("umount "$1)}'

 

Referência

Para saber mais sobre awk:

  1. http://www.gnu.org/software/gawk/
  2. http://en.wikipedia.org/wiki/AWK_%28programming_language%29

Introdução ao Unix

A primeira coisa que ouvi falar de UNIX foi:

“O unix é um sistema operacional multiusuário e multitarefa”

Confesso que na época, aluna do primeiro ano do colegial técnico em processamento de dados, que nunca tinha visto um computador na frente, não entendi muito o que isso significava. E não imaginava que um dia eu me tornaria Administradora de sistemas Unix.

Realmente ele é multiusuário (diversos usuários trabalham no sistema ao mesmo tempo) e multitarefa (diversas aplicações são executadas em paralelo).

Parece óbvio hoje em dia, mas naquela época (1991), o DOS não era multiusuário nem multitarefa. Um usuário carregava o sistema operacional e executava uma única aplicação, como o wordstar, por exemplo.

O unix era utilizado apenas em servidores de grande porte e não era popular em microcomputadore, coisa que o Linux fez, permitindo que se tivesse um Unix no seu desktop em casa.

A primeira versão do Unix foi lançada em 1970 pela Bell Labs e era usada em universidades. Em 1976 foi lançada a primeira versão comercial.

Os criadores do Unix foram Ken Thompson e Dennis Ritchie. Você pode conhecer um pouco mais sobre estes dois gênios na wikipédia:

http://en.wikipedia.org/wiki/Ken_Thompson
http://en.wikipedia.org/wiki/Dennis_Ritchie

Além do Unix, eles também criaram a Linguagem C.

Eu diria que a contribuição deles para o mundo da Computação foi singela, não?
O Unix é muito mais que um sistema multiusuário e multitarefa. Para saber mais sobre o Unix e sua história, segue indicação de alguns links:

http://www.bell-labs.com/history/unix/
http://en.wikipedia.org/wiki/Unix

Alguns manuais:

http://www.rau-tu.unicamp.br/nou-rau/softwarelivre/document/list.php?tid=59