Tag Archives: comandos

Como remover espaço em branco do nome de arquivos

Aqui uma dica de como renomear uma lista de arquivos que contém espaço em branco no nome, substituindo o espaço por underscore. Apresento duas soluções, uma para Korn shell e outra para Bash.

Em Korn shell pode-se usar o comando sed:

Continue reading Como remover espaço em branco do nome de arquivos

Aix e Solaris – Como criar arquivos grandes

As vezes precisamos criar arquivos grandes no Unix para execução de um teste de rede, por exemplo.

Para isso usamos o comando mkfile no Solaris e lmktemp no Aix.

Veja abaixo a sintaxe e exemplos nos dois sistemas operacionais.
Continue reading Aix e Solaris – Como criar arquivos grandes

Linha de comando da HMC: Administrando as partições (lpar)

A HMC (Hardware Management Console), console de administração de servidores Power da IBM oferece, além da interface gráfica web, a opção de linha de comando, onde podemos de maneira rápida e prática executar tarefas de administração das partições. Seu sistema operacional, HMC OS, é baseado em Linux.

Selecionei alguns comandos que considero úteis na administração das partições (lpar) e que utilizo com mais frequência:

  • Como verificar a versão da HMC:
lshmc -V
  • Abrir terminal de uma partição. Pode-se usar a opção -p ou -id:
mkvterm -m [nome servidor Power] -p [nome da partição]
                                 -id [id da partição]

Para fechar a conexão de terminal, digite: ~~.

  • Listar as partições (lpar) do servidor Power, mostrando algumas características (especificadas na opção -F do comando):
lssyscfg -r lpar -m [nome servidor Power] -F name,lpar_id,state,default_profile,curr_profile
  • Listar o profile completo de uma determinada partição (lpar):
lssyscfg -r prof -m [nome servidor Power] --filter "lpar_ids=[id da partição]"

Você pode indentificar o id da partição executando o comando lparstat -i na partição.

  • Verificar o status de uma partição (lpar):
lssyscfg -m [nome servidor Power] -r lpar -F name:state |grep [nome da partição]
  • Desligar (shutdown) uma partição (lpar):
chsysstate -m [nome servidor Power] -o shutdown -r lpar --immed -n [nome da partição]
  • Ligar / Ativar uma partição (lpar):

Inicialização (boot) em modo normal:

chsysstate -m [nome servidor Power] -r lpar -o on -n [nome da partição] -f [nome do profile]

Inicialização (boot) em modo de manutenção, SMS:

chsysstate -m [nome servidor Power] -r lpar -o on -b sms -n [nome da partição] -f [nome do profile]
  •  Como alterar configuração do profile de uma partição (lpar):

No exemplo a seguir, alterando o sharing_mode para cap:

chsyscfg -r prof -m [nome do servidor Power] -i "name=[nome do profile],lpar_name=[nome da partição],sharing_mode=cap"

Após feito isso, a partição precisa ser reinicializada e desligada com a opção halt. Na partição (lpar)

shutdown -Fh

Após desligar, inicie a partição com o comando chsyscfg mostrado acima.

  • Nota: Os colchetes [ ] utilizados nos comandos acima não fazem parte do comando e são apenas utilizados para marcar as partes do comando com informação variável.

 

Referência:

  1. Documentação da IBM sobre diversar versões de HMC (em inglês): http://www14.software.ibm.com/webapp/set2/sas/f/hmcl/resources.html
  2. LPAR facts. Inclui seção de comandos da consoke HMC (em inglês): http://jeeva.us/AIX/LPAR

Unix: Como substituir letra maiúscula por minúscula em um arquivo

Para converter letras maiúsculas em letras minúsculas em um arquivo em sistemas Unix, pode-se usar o comando tr com a sintaxe a seguir:

tr '[:upper:]' '[:lower:]' < [arquivo] > [novoarquivo]

O comando tr pode ser usado para diversas outras manipulações de caracteres. Para mais informações consulte a man page do comando: man tr

O link a seguir tem mais informa̵̤es sobre o comando tr no AIX 7: AIX 7 РHelp Information РCommands Рtr

 

Aix – LVM – Alguns comandos básicos

Escrevi aqui alguns comandos básicos com as principais opções para criar logical volumes (lv) e filesystems (fs), bem como espelhá-los e remover o espelhamento.

Todas essas ações podem também ser feitas através do smit.

1. Criando um novo logical volume:

Para criar um novo logical volume usamos o comando mklv:

mklv -y [nome lv] -t [tipo FS] -c [número de cópias] [nome do VG] [número de PPs]  hdiskX hdiskY

Ex:

# mklv -y lv_teste -t jfs2 -c 2 testevg 25 hdisk2 hdisk3

2. Extendendo um logical volume:

Para extender um logical volume usamos o comando extendlv:

/usr/sbin/extendlv [nome lv] [num de PPs] hdiskX hdiskY

Ex:

# /usr/sbin/extendlv lv_teste 10 hdisk2 hdisk3

3. Espelhando um logical volume:

Para espelhar um logical volume usamos o comando mklvcopy:

mklvcopy [nome lv] [número de cópias] 2 hdiskX hdisk1Y hdiskZ

Ex:

# mklvcopy lv_teste 2 hdisk4 hdisk5

4. Removendo uma das cópias de um logcal volume:

Para remover o espelhamento de um logical volume usamos o comando rmlvcopy:

rmlvcopy [nome lv] [número de cópias] hdiskX hdiskY

Ex:

# rmlvcopy lv_teste 1 hdisk2 hdisk3

5. Sincronizando as cópias do logical volume:

Após espelhar um logical volume, as cópias ficarão em status stale e não sync. Para sincronizar as cópias, usamos o comando syncvg:

lsvg -l [nome do vg] |grep [nome do lv]

Ex:

# lsvg -l testevg |grep lv_teste
testevg:
LV NAME             TYPE       LPs   PPs   PVs  LV STATE      MOUNT POINT
lv_teste                jfs2             25   50       4     open/stale    /teste

Para sincronizar, usar o comando syncvg. Com a opção “-l” especifica-se o nome do LV e com a opção “-g”, o nome do VG.

syncvg -l [nome do lv]

Ex:

# syncvg -l lv_teste

6. Criando um filesystem

Para criar um filesystem, usamos o comando crfs:

crfs -v [tipo fs] -d [nome do lv] -m [mount-point] -A [yes/no]

Ex:

# crfs -v jfs2 -d lv_teste -m /teste -A yes
File system created successfully.
1048340 kilobytes total disk space.
New File System size is 2097152

Observação: É possível usar a opção “-g” no lugar de “-d”. Com o “-g” especifica-se o nome do VG ao invés do LV. Dessa forma o Aix define um nome padrão para o LV. Ficaria: -g [vg name]

A opção -A define se o filesystem é montado automaticamente no boot (yes) ou não (no).

 

Referência:

Documentação sobre o Logical Volume Manager do Aix pode ser encontrada:

  1. Logical Volume Manager: http://publib.boulder.ibm.com/infocenter/systems/index.jsp?topic=/com.ibm.aix.baseadmn/doc/baseadmndita/lvm.htm&resultof=%22lvm%22%20&searchQuery=lvm&searchRank=2&pageDepth=0
  2. IBM Redbooks: